Cadastro de Praticantes

Crossminton Brasil quer saber quem são os praticantes da modalidade Crossminton.

Após 10 anos de divulgação do esporte Crossminton no estado de São Paulo e em alguns outros estados do Brasil a Club Racket quer saber quem são os praticantes deste novo esporte de raquete e onde, em que locais o esporte é praticado.

Esta curiosidade surge da necessidade de se mapear e quantificar o número de praticantes desta nova modalidade.

A modalidade Crossminton surgiu na década de 90 na Europa e desde então tem crescido e se espalhado por vários países da América, Ásia e Oceania.

A ICO – International Crossminton Organisation através dos seus colaboradores que estão espalhados por todo mundo, faz um acompanhamento e orientação da prática do esporte para que um dia o Crossminton se torne um esporte olímpico.

Quem decide se uma modalidade pode ser ou não considerada olímpica é o COI (Comitê Olímpico Internacional), que tem adotado políticas mais flexíveis para inclusão de novos esportes na competição.

De acordo com a Carta Olímpica, um esporte só pode participar dos Jogos se este, após ser recomendado pela Comissão três anos antes da próxima competição, obtiver um maior número de votos na Sessão da COI. Porém, para que a inclusão da modalidade seja aprovada, o Comitê considera diversos critérios.

Segue uma pequena lista de alguns dos critérios mais recentes, que serão analisados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020:

  • Atratividade do esporte para os veículos de comunicação.
  • Relação que o esporte possui com o país sede da competição (por exemplo, há uma grande possibilidade de Tóquio 2020 ter a participação do beisebol e do softbol, por ser muito popular no Japão).
  • Valor que o esporte acrescenta para a população.
  • Interesse que o esporte desperta na mídia e no público em geral.
  • Apelo da juventude.
  • Igualdade de gênero.
  • Mínimo impacto do esporte sob a infraestrutura da competição e a complexidade dos custos operacionais.
  • O esporte precisa ser regido por uma Federação Internacional (que é o núcleo de cada modalidade, como a aquática por exemplo, que rege todos os esportes praticados na água). No caso do Crossminton temos a ICO desde 2011.
  • O esporte deve ser praticado na maioria dos países do mundo.
  • O esporte deve seguir as regras do Código Mundial Anti-Doping, e respeitar a Carta Olímpica.

Além disso, para evitar um número gigantesco de modalidades e consequentemente de atletas – inviabilizando a organização dos Jogos -, a COI estabelece uma hierarquia de esportes, disciplinas e eventos.

Após estarmos cientes de alguns destes critérios chegamos a conclusão que ainda temos um longo caminho a seguir até porque o Crossminton é uma modalidade com pouco mais de 20 anos de existência.

Analisando alguns destes critérios podemos fazer a nossa parte e ajudar a construir a história desta modalidade de raquete, construir a história desta modalidade no Brasil.

Vamos incentivar a prática do Crossminton em Parques, clubes, praias e associações esportivas.

O Crossminton tem essa vantagem perante outras modalidades de poder ser praticado em qualquer lugar e a qualquer hora.

Se você já pratica o Crossminton de forma regular faça o seu cadastro conosco e conte a sua história.

Vou precisar de algumas informações  que você pode me enviar pelo e-mail: sandra@clubracket.com.br :

  • Foto
  • Nome completo
  • Estado e cidade que pratica o Crossminton
  • Profissão
  • Práticas Esportivas que você faz além do Crossminton
  • Em que ano conheceu o Crossminton
  • Conte sua história com a modalidade Crossminton

Se você quer praticar e ainda não sabe onde, faça contato pelo site para que possamos te orientar.

Seja bem-vindo ao Crossminton

Sandra Sorpreso

Club Racket

 

 

 

Comente!

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcado com *