Jogar Crossminton no saibro


Bom dia pessoal,
Tudo bem!
Hoje vou falar sobre jogar Crossminton em quadra de saibro, mais uma opção para à prática desta modalidade de raquete.
Lembrando que o slogan deste esporte é: Any Where, Any Time! Sendo assim, nada mais propício do que praticar também neste tipo de superfície.
Inicialmente vamos entender a composição do saibro.
Este tipo de piso é tradicionalmente preparado com uma mistura de areia, pedra e argila e possui uma cor alaranjada, é um dos tipos de superfícies utilizadas para à prática do tênis.

Neste tipo de quadra, para os jogos de tênis a bola se torna mais lenta o que não é o caso do Crossminton que se joga com speeder e não tem o quicar!

Quais seriam as vantagens ou desvantagens de se jogar crossminton em uma quadra de saibro?
Não estranhem pois parte do texto foi retirado de artigos referente à prática do tênis no saibro, porém cabe aqui as devidas adaptações para o crossminton.

ESCORREGAR: em uma superfície de terra o jogador tem que saber usar as condições da quadra. Algo importantíssimo é saber escorregar. Os tenistas de quadra rápida têm dificuldade nisso. No cimento, sua base é melhor, consegue transferir melhor o peso e contra-atacar na bola. No saibro, como se está escorregando, qualquer bola que saia do seu ponto de equilíbrio é mais complicada. Então, tem que saber escorregar, mantendo o equilíbrio, para conseguir tração e se defender.

Escorregar, este movimento requer uma técnica (ou hábito) e muita prática para sincronizar a movimentação, o impulso e o deslizamento em um tempo justo para parar antes de bater a bola (speeder). Ou seja, com treino, acostuma-se a calcular o impulso e o tempo que vai levar para chegar à bola (speeder), para nunca passar dela deslizando. Você termina o “escorregão” exatamente onde vai bater a bola (speeder), nunca depois. O verdadeiro jogador de saibro sabe quando está com a passada acertada para chegar à bola (speeder) ou para corrigi-la durante o percurso. Este é um movimento tão minucioso que poucos jogadores deslizam com os dois pés à frente (um para cada lado). A maioria usa o mesmo pé para deslizar em todos os sentidos.

– MACIO: o saibro ou terra batida, não só é mais lento como também é mais macio, sendo mais saudável para as articulações.

TÊNIS ADEQUADO: o solado deve ser nivelado (sem calcanhar alto) e com desenhos mais profundos melhorando a aderência na pisada.

Como jogamos com speeder e não bola, acredito que jogar no saibro seja uma oportunidade que só traz benefícios e proporcione novas experiências ao praticante de crossminton, com a vantagem de ser um piso menos agressivo as nossas articulações.

É isso aí pessoal, bons jogos de crossminton no saibro.
Uma ótima sexta-feira a todos.

Sandra Sorpreso
Club Racket

Fonte: Revista Tênis

Comente!

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcado com *